Notícias FEMA

Trabalho de estudante e professora é contemplado para bolsa FAPESP

Pesquisa visa identificar possíveis disfunções funcionais em sobreviventes da covid-19 que passaram por reabilitação no ambulatório pós-Covid da FEMA

 

O estudante do quinto ano da graduação em Fisioterapia da Fundação Educacional do Município de Assis (FEMA), João Pedro Carreiro Spanhol, teve sua pesquisa contemplada com uma bolsa da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP). Seu trabalho tem como tema a avaliação de pacientes sobreviventes da Covid-19 que passaram pela reabilitação no ambulatório pós-Covid da FEMA.

 

Com a orientação da professora Dra. Juliana Souza Uzeloto, a pesquisa visa avaliar se os pacientes apresentam disfunções funcionais após um ano (em média) de terem contraído a doença. Segundo a professora Dra. Juliana, a literatura ainda não possui uma comprovação específica sobre quais disfunções funcionais esses pacientes podem apresentar a longo prazo, mas a prática clínica observou que muitos pacientes ainda continuam com sintomas e disfunções, mesmo após muito tempo.

 

De acordo com João Pedro, o fator motivador para escolher o tema veio do fato de tratar-se de uma doença praticamente “nova”, com isso pouco se sabe se as complicações clínicas e/ou funcionais perduram após um período, inclusive após o tratamento, e ser contemplado com uma bolsa da FAPESP torna essa pesquisa ainda mais especial e uma vitória de todo o curso de Fisioterapia da FEMA. “Estou extremamente feliz com a minha aprovação e espero contribuir para o desenvolvimento da faculdade e do curso de Fisioterapia. Eu acredito que, apesar de ser um processo individual, essa é uma vitória coletiva para toda a equipe do curso. Afinal, o resultado positivo é uma evidência do excelente trabalho desenvolvido pela Fisioterapia da FEMA, mas, acima de tudo, é fruto da orientação maravilhosa da professora Dra. Juliana Souza Uzeloto e da parceria com meu colega de pesquisa, Arthur Carlos Roberto Virgulino, que está realizando o Trabalho de Conclusão de Curso em parceria comigo”, comenta o estudante.

 

A conquista da bolsa da FAPESP é de grande importância para a carreira do estudante e para a instituição, sendo João Pedro o pioneiro da FEMA a receber esse financiamento. A pesquisa e a conquista da bolsa podem abrir muitas portas para os próximos estudantes que buscam financiamento para trabalhar com pesquisa.

 

O trabalho realizado pelo estudante João Pedro e pela professora Dra. Juliana também fomenta o currículo dos estudantes, uma vez que João Pedro sai da faculdade com uma vivência acadêmica maior, sendo reconhecido por obter financiamento para pesquisa pela FAPESP, uma fundação renomada no estado de São Paulo. Além disso, sua pesquisa contribuirá para a compreensão das sequelas da Covid-19 e para o desenvolvimento de novas abordagens terapêuticas para a reabilitação desses pacientes.

FEMA celebra a Cerimônia do Jaleco da T4 do curso de Fisioterapia

Na noite da última sexta-feira, 14 de junho de 2024, a Fundação Educacional do Município de ...

Leia mais

Curso de Fisioterapia é reconhecido pelo Crefito por contribuições na pandemi …

Além do reconhecimento do curso, as professoras Dra. Cássia Pacheco e Ma. Maria Eulália Baleotti ...

Leia mais
Receba Informações

Sobre os nossos cursos