Notícias FEMA

Estudantes de Fisioterapia entregam materiais criados no estágio em neurologia

Iniciativa promove funcionalidade e prevenção de agravos com dispositivos personalizados

 

No dia 22 de setembro, os estudantes do 4º ano do curso de Fisioterapia da Fundação Educacional do Município de Assis (FEMA) demonstraram seu compromisso com o bem-estar dos pacientes ao entregarem materiais produzidos por eles durante o estágio supervisionado em neurologia. Essa prática, realizada no laboratório de tecnologia assistiva (TA) da instituição, promove a funcionalidade dos pacientes e a prevenção de agravos causados por doenças neurológicas.

 

Sob a orientação das professoras Ma. Maria Eulalia Baleotti, Dra. Jéssica Kirsch Micheletti, Dra. Cassia Regina Saade Pacheco, Dra. Camile Ludovico Zamboti, Dra. Mariana De Almeida Lourenço e do professor Dr. Alan José Barbosa Magalhães, os estudantes abraçaram a oportunidade de aplicar seus conhecimentos e habilidades no desenvolvimento de tecnologias assistivas. A jornada começou com a avaliação funcional dos pacientes e uma análise minuciosa do ambiente em que eles vivem, visando identificar as necessidades específicas de cada indivíduo.

 

Com base nessas informações, os materiais foram concebidos em sala de aula, com discussões construtivas sobre as melhores maneiras de executá-los. Esses dispositivos visam melhorar a qualidade de vida dos pacientes e facilitar suas atividades diárias, contribuindo para sua independência e bem-estar.

 

O diferencial deste programa de estágio supervisionado é o envolvimento direto dos estudantes na entrega e no auxílio aos pacientes no uso das tecnologias assistivas desenvolvidas. Essa interação não apenas promove uma conexão valiosa entre os futuros fisioterapeutas e seus pacientes, mas também proporciona uma oportunidade única de compreender as reais necessidades e desafios enfrentados por aqueles que sofrem de doenças neurológicas.

 

Essa disciplina não apenas enriquece o aprendizado dos estudantes, mas também os incentiva a criar estratégias inovadoras na prevenção de agravos em pacientes que, muitas vezes, enfrentam dificuldades para acessar os serviços de saúde. Além disso, promove uma mentalidade sustentável, uma vez que os estudantes conseguem enxergar possibilidades na construção de tecnologias assistivas a partir de materiais descartados, contribuindo para a redução do desperdício.

 

A iniciativa dos estudantes do 4º ano de Fisioterapia da FEMA é um exemplo inspirador de como a educação pode ser aplicada para fazer a diferença na vida das pessoas e na comunidade em geral. Com essa abordagem, eles estão preparados para se tornarem profissionais de fisioterapia altamente qualificados e compassivos, prontos para enfrentar os desafios do mundo real.




Curso de Fisioterapia é reconhecido pelo Crefito por contribuições na pandemi …

Além do reconhecimento do curso, as professoras Dra. Cássia Pacheco e Ma. Maria Eulália Baleotti ...

Leia mais

Estudantes da FEMA participam de Congresso de Cardiologia em São Paulo

O 44º Congresso da SOCESP destacou avanços na cardiologia e inclui apresentação de estudo sobre ...

Leia mais
Receba Informações

Sobre os nossos cursos