Notícias FEMA

Visita técnica a exposições na av. Paulista

Tour proporciona conhecimento prático e reforça conteúdo teórico das aulas

Em novembro, estudantes de Fotografia da FEMA fizeram um tour por São Paulo, em roteiro cultural que incluiu visita a importantes exposições, todas localizadas na avenida Paulista. A iniciativa proporcionou aos alunos conhecimento prático e reforçou o conteúdo teórico.

Um dos pontos de parada foi o Instituto Moreira Salles (IMS), que atualmente contabiliza cerca de 2 milhões de imagens. O grupo, acompanhado pelos monitores do IMS, prestigiou a exposição “Os americanos + Os livros e os filmes”, do fotógrafo suíço Robert Frank, com imagens do dia a dia de americanos na década de 1950. São 83 fotografias, uma das poucas séries completas da obra de Frank.

O professor Paulo Henrique Miguel, coordenador do curso de Fotografia da FEMA ao lado do também professor João Henrique do Santos, considerou a visita de suma importância. “O IMS é o maior espaço dedicado à fotografia da América Latina. O local foi aberto recentemente com essa exposição do Frank, um dos nomes que mais influenciaram a fotografia americana”.

A ida a Paulista aconteceu em um domingo, dia em que, tradicionalmente, a avenida está fechada para veículos, facilitando o deslocamento para outros endereços. No Itaú Cultural, os alunos viram exposições permanentes que relatam a história do Brasil (Brasil-Colônia e Brasil-Império); no SESI-SP, trabalhos de fotógrafos como Steve Mccurry, Marcel Duchamp, entre outros.

O tour contemplou ainda o MASP. Lá, os estudantes apreciaram a exposição “História da Sexualidade” e o acervo permanente, com obras de Renoir, Monet, Cèzanne, Picasso, Modigliani, Toulouse-Lautrec, Van Gogh, Matisse, Chagall, Cândido Portinari, Di Cavalcanti, Anita Malfatti e Almeida Junior. A Casa das Rosas, mansão da década de 1930 e espaço cultural desde 1991, também foi visitada durante o passeio do grupo da FEMA.

“A Avenida Paulista tem muitas atrações em plena rua aos domingos. Essa movimentação de pessoas contribuiu para que os alunos pudessem colocar em prática a fotografia de eventos e atividades artísticas”, destaca Paulo Miguel.

Gisele Lopes Rodrigues, estudante, gostou da ida a São Paulo. “A viagem nos proporcionou ampliação do repertório e referências que serão reelaboradas e facilitarão nossas criações. Tivemos outro olhar ao ver as obras, conhecer locais ainda não vistos, que nos deixaram um gosto de ‘quero mais”.

Além do coordenador Paulo Miguel, o tour cultural contou com a presença dos professores Carmem Portilho, Natália Reis e Rubens Cardia. A Fotografia da FEMA está em seu quarto ano de atividades e tem duração de dois anos e meio, com formação nível Tecnólogo.  A qualidade da graduação foi confirmada em 2016 pelo Conselho Estadual de Educação, CEE, que fez o reconhecimento do curso.

 

Estudantes promovem o Brincar Terapêutico

Na manhã do dia 22 de outubro, estudantes do curso de Fisioterapia da Fundação Educacional do ...

Leia mais

Professor apresenta artigo na Espanha

No dia 23 de outubro de 2023, o Me. Fabio Eder Cardoso, professor dos cursos de Análise e ...

Leia mais
Receba Informações

Sobre os nossos cursos