Notícias FEMA

Robótica da FEMA participa de campeonato

Membros da equipe FEMA Panzertronic participaram, em 16 de junho de 2019, da etapa regional, da Olimpíada Brasileira de Robótica (OBR) em São Carlos (SP). A equipe ficou em 13º lugar, de um total de 48 times

Alunos do curso avançado do projeto FEMA Robótica participaram, no dia 16 de junho de 2019, da etapa regional, da Olimpíada Brasileira de Robótica (OBR), no salão de eventos da Universidade de São Paulo (USP) em São Carlos (SP). Foi a primeira vez que a equipe FEMA Panzertronic participou de uma disputa e os resultados foram ótimos: 13º lugar, de um total de 48 times, na modalidade nível 2.

O time, composto por Rafael Sanabria, Adrianni Santela Desiró e Victor Hugo do Vale, além do técnico, Diogo Lamotta, conseguiu um total de 100 pontos em sua primeira participação em um campeonato de robótica, o que é considerado ótimo pelo professor doutor Almir Camolesi, coordenador do FEMA Robótica. “Vejo como muito positivo o resultado obtido e também gratificante demais representar Assis neste evento. Foi a primeira participação de nosso time, não tivemos tanto tempo de preparo e, mesmo assim, tivemos ótima performance. Vamos continuar a pegar firme para trazer mais bons resultados nos próximos anos”, comemora professor Almir.

O técnico do time, que também é professor das turmas do FEMA Robótica na instituição, um projeto 100% gratuito, voltado a adolescentes de 13 a 17 anos, Diogo Lamotta sente-se emocionado por fazer parte da Olimpíada Brasileira de Robótica como técnico, pela primeira vez. “Realmente não esperava tamanho resultado logo de cara! E dos 100 pontos, conseguir 90 no último round foi realmente emocionante. Foi incrível e agora espero que o ciclo se repita em um loop infinito, pois o legado acredito que já está aí! Muito obrigado, FEMA Robótica, por transformar a minha e a vida dessa molecada, que está infectada pelo vírus da robótica”, celebra emocionado o técnico e professor Diogo.

Cerca de 200 equipes divididas em dois níveis participaram da etapa regional em São Carlos. Os atletas-robôs entraram em campo para superar terrenos irregulares, transpor caminhos desconhecidos, desviar de escombros e subir montanhas para conseguir salvar vítimas, nesse caso, bolinhas de isopor prateadas, que precisavam ser transportadas para uma região segura nas arenas de madeira.  

Estudantes de Enfermagem da FEMA promovem roda de conversa na ESF Vila Cláudia

Um grupo de estudantes do curso de Enfermagem da Fundação Educacional do Município de Assis ...

Leia mais

FEMA celebra a Cerimônia do Jaleco da T4 do curso de Fisioterapia

Na noite da última sexta-feira, 14 de junho de 2024, a Fundação Educacional do Município de ...

Leia mais
Receba Informações

Sobre os nossos cursos