Notícias FEMA

Professora da FEMA torna-se doutora em Fisioterapia pela FCT/UNESP

Estudo comprova a eficácia dos programas de reabilitação cardiovascular na melhora de sintomas e manutenção do quadro clínico dos pacientes

 

A professora do curso de Fisioterapia da Fundação Educacional do Município de Assis (FEMA), Dra. Carolina Takahashi, teve sua tese de doutorado aprovada, no final do ano passado, com um estudo sobre a dinâmica da frequência cardíaca e os parâmetros cardiorrespiratórios durante a reabilitação cardiovascular. Sua pesquisa, intitulada “Dinâmica da frequência cardíaca e parâmetros cardiorrespiratórios são eficazes em prever sinais e sintomas durante a reabilitação cardiovascular? Estudo de coorte longitudinal”, buscou entender as correlações entre esses parâmetros e os índices da atividade do sistema nervoso autônomo com o surgimento de sinais e sintomas durante a reabilitação.

 

O estudo foi realizado na Faculdade de Ciências e Tecnologia (FCT) – Campus de Presidente Prudente da Universidade Estadual Paulista (UNESP), onde os pacientes foram acompanhados por cerca de 10 meses de sessões de reabilitação cardiovascular. “Os resultados mostraram que os programas de reabilitação cardiovascular foram eficazes na melhora da sintomatologia dos pacientes e na manutenção do seu quadro clínico. Isso aponta a importância da prática dos exercícios físicos, propostos nesses programas, para a manutenção da saúde cardiovascular”, comenta a professora. 

 

Dra. Carolina realizou todo o trabalho sob a orientação do Professor Dr. Luiz Carlos Marques Vanderlei, uma grande referência nacional no estudo da modulação autonômica cardíaca nas mais variadas populações. A professora participa do “Laboratório de Fisiologia do Estresse” desde 2013, onde teve diversas experiências na área de pesquisa, extensão e ensino. Segundo a professora, desde o início de sua graduação, ela sempre teve interesse na atuação do fisioterapeuta em reabilitação cardiovascular e, graças ao Professor Luiz, pôde concluir sua dissertação de mestrado e tese de doutorado voltadas para a análise dos pacientes atendidos nestes programas.

 

Ela completa afirmando que os resultados de sua pesquisa têm implicações importantes na prática clínica, especialmente no setor de Reabilitação Cardíaca da Clínica-escola de Fisioterapia da FEMA. “O papel do fisioterapeuta se torna vital no tratamento dos fatores de risco e doenças cardiovasculares. As informações serão úteis tanto na prática clínica, como no próprio setor de Reabilitação Cardíaca da FEMA. Na Clínica-escola são oferecidas vagas para o atendimento gratuito de indivíduos com doenças cardiovasculares e/ou fatores de risco para o seu desenvolvimento, e os estudantes, sob minha supervisão e da Professora Dra. Marianne Rezende, são capacitados para avaliação, monitorização e tratamento desses pacientes”, finaliza Dra. Carolina.

Curso de Fisioterapia é reconhecido pelo Crefito por contribuições na pandemi …

Além do reconhecimento do curso, as professoras Dra. Cássia Pacheco e Ma. Maria Eulália Baleotti ...

Leia mais

Estudantes da FEMA participam de Congresso de Cardiologia em São Paulo

O 44º Congresso da SOCESP destacou avanços na cardiologia e inclui apresentação de estudo sobre ...

Leia mais
Receba Informações

Sobre os nossos cursos