Notícias FEMA

O projeto acontece em Lutécia neste ano

Professores e alunos da FEMA, integrantes do projeto FEMARondon, estiveram em Lutécia-SP, em 15 de setembro de 2018, para programar as atividades, como minicursos, oficinas e palestras, que serão realizadas em outubro

O FEMARondon é um projeto de extensão universitária desenvolvido por alunos e professores da Fundação Educacional do Município de Assis (FEMA). As atividades acontecem anualmente desde 2011 em cidades da região e, para a edição deste ano, Lutécia foi escolhida para receber o projeto.

No dia 15 de setembro, os participantes estiveram na cidade para conhecê-la e levantar informações a fim de planejar as oficinas, palestras e os minicursos que serão realizados no município. Essas atividades estão programadas para acontecerem na segunda quinzena de outubro de 2018 e são elaboradas para toda a população, desde crianças até a terceira idade.

O projeto tem caráter não assistencialista e busca promover o desenvolvimento das comunidades mais carentes de Assis e região. São realizadas ações culturais, sociais, ambientais, sobre tecnologia, de incentivo ao empreendedorismo, à educação e à saúde.

O professor doutor Osmar Aparecido Machado, elaborador do projeto e Coordenador do FEMARondon, destaca o principal objetivo do projeto: “Contribuir para que a sociedade se organize na resolução de problemas específicos do seu próprio meio e diminua, assim, a dependência de ações públicas. É um caráter multiplicador de conhecimentos”, falou o professor Osmar.

As atividades são gratuitas e abertas a toda comunidade.

O projeto FEMARondon

 O FEMARondon surgiu a partir de uma experiência com o Projeto Rondon nacional, que aconteceu em 2010 e foi criado pelo Ministério da Defesa, em parceria com os governos estaduais, municipais e instituições de ensino superior. A FEMA já esteve presente em 4 operações do projeto nacional, sendo essas nos estados de Tocantins, Goiás, Pernambuco e Maranhão.

Para cada ação anual são selecionados 20 alunos que passam por um processo seletivo com treinamentos, formação e capacitação para realizar as atividades do projeto. Antes de irem à campo, participam de reuniões com os professores para que possam traçar as atividades que serão oferecidas, de acordo com a necessidade de cada região trabalhada.

Desde o início do projeto na FEMA, mais de 150 alunos já participaram. É uma oportunidade para os alunos entrarem em contato com diversas realidades e desenvolver atividades práticas de empreendedorismo e cidadania, além de ser um diferencial no currículo acadêmico e pré-requisito básico para quem se interessar em participar do Projeto Rondon nacional.

Estudantes promovem o Brincar Terapêutico

Na manhã do dia 22 de outubro, estudantes do curso de Fisioterapia da Fundação Educacional do ...

Leia mais

Professor apresenta artigo na Espanha

No dia 23 de outubro de 2023, o Me. Fabio Eder Cardoso, professor dos cursos de Análise e ...

Leia mais
Receba Informações

Sobre os nossos cursos