Notícias FEMA

Medicina fala sobre Prevenção ao Suicídio

Encontro integra a campanha Setembro Amarelo

A Medicina da Fema promoveu na noite de quinta-feira, 22, a palestra “Prevenção ao Suicídio”. O evento aconteceu na Câmara Municipal de Assis e faz parte da campanha mundial intitulada Setembro Amarelo.

A iniciativa surgiu dos estudantes da graduação. O objetivo é aumentar a consciência em relação ao suicídio, a segunda causa de morte da população entre 15 e 50 anos.

“É importante que as pessoas saibam como prevenir, como estar próximo de alguém que pensa em se matar”, diz o doutor Ricardo Beauchamp de Castro, professor do curso de Medicina que supervisionou os alunos.

Os palestrantes foram os também psiquiatras Wilson Conti de Las Vilas Rodrigues e Luiz Guilherme Buchianeri. Após uma abordagem inicial, a plateia pode interagir trazendo seus comentários e tirando suas dúvidas.

Falar de suicídio ainda é um tabu na sociedade, destaca Beauchamp. “Sair do silêncio ao discutir esse tema é ampliar o conhecimento das pessoas. É uma divulgação cuidadosa e correta para transformar o suicídio em uma discussão cotidiana”.

Aluno da Medicina durante a palestra "Prevenção ao Suicídio". (Foto: FEMA)

Aluno da Medicina durante a palestra “Prevenção ao Suicídio”. (Foto: FEMA)

O encontro faz parte do Setembro Amarelo, campanha de conscientização que vem se intensificando a cada ano com o objetivo direto de alertar a população a respeito do suicídio e suas formas de prevenção. A ação conta ainda com um site próprio, o www.setembroamarelo.org.br.

No Brasil, as primeiras atividades relacionadas ao Setembro Amarelo começaram em 2014, em uma parceria entre CVV, Centro de Valorização da Vida, CFM, Conselho Federal de Medicina, e ABP, Associação Brasileira de Psiquiatria. Locais públicos e particulares, em adesão à iniciativa, são identificados com a cor amarela, como o Cristo Redentor e o Congresso Nacional.

O doutor Ricardo Beauchamp destaca o envolvimento dos estudantes na palestra. “O evento foi escolhido pelos alunos. Isso me alegra muito porque eles não têm medo de debater o suicídio. Ampliar o conhecimento e a educação das pessoas melhora muito a saúde. A Educação é a base da Saúde”.

Estudantes promovem o Brincar Terapêutico

Na manhã do dia 22 de outubro, estudantes do curso de Fisioterapia da Fundação Educacional do ...

Leia mais

Professor apresenta artigo na Espanha

No dia 23 de outubro de 2023, o Me. Fabio Eder Cardoso, professor dos cursos de Análise e ...

Leia mais
Receba Informações

Sobre os nossos cursos