Notícias FEMA

Estudantes promovem ação de educação em saúde sobre Fragilidade em Idosos

Alunos e professora da Clínica-escola de Fisioterapia realizaram atividade para pacientes e cuidadores, abordando prevenção e tratamento da Síndrome da Fragilidade

Um grupo de estudantes e a professora Dra. Marianne Penachini da Costa de Rezende Barbosa, do curso de Fisioterapia da Fundação Educacional do Município de Assis (FEMA), realizaram uma ação de educação em saúde no setor de geriatria da Clínica-escola de Fisioterapia da FEMA.

Considerando a relevância da fragilidade como uma das síndromes mais prevalentes que acometem a população idosa e que muitas vezes não é conhecida pela população em geral, os alunos do 5º ano do curso de fisioterapia, durante as práticas supervisionadas em Geriatria, promoveram uma abordagem de Educação em Saúde para os pacientes e seus acompanhantes. O objetivo foi informar e conscientizar os familiares e responsáveis dos idosos que estão sob cuidados da instituição.

Na intervenção, foi esclarecido o que é a Síndrome da Fragilidade, como identificar, prevenir e tratar, por meio da apresentação de um mapa mental elaborado pelos próprios alunos. De forma interativa, foi realizado um jogo de tabuleiro gigante, no qual as peças eram os pacientes e seus acompanhantes. A dinâmica do jogo contava com perguntas e respostas, oferecendo esclarecimentos específicos sobre o tema. Além disso, foram executados exercícios a cada movimento no tabuleiro, com orientações para evitar quedas.

A supervisora das práticas, Marianne Rezende, destacou a importância de capacitar os cuidadores dos idosos frágeis, ressaltando que muitas vezes esses pacientes necessitam de auxílio para realizar as atividades de vida diária. “Os idosos frágeis, em boa parte das vezes, precisam de auxílio para realização das atividades de vida diária, o que demanda o cuidado de outra pessoa. Capacitar o cuidador é de extrema importância para a melhora da qualidade de vida tanto dos nossos pacientes como também daqueles que realizam esse papel”, destacou a professora.

A coordenadora do curso de Fisioterapia da FEMA, professora Ma. Mariana Pereira Bertoche, expressou sua alegria em realizar a significativa ação. “É um prazer imenso para nós, da Clínica-escola de Fisioterapia da FEMA, ver nossos estudantes engajados em iniciativas tão importantes como essa, pois são fundamentais para promover o bem-estar e a qualidade de vida da população idosa. Ver nossos alunos se dedicando a isso com tanto entusiasmo é verdadeiramente gratificante”, ressaltou Mariana.

O setor de geriatria da Clínica-escola de Fisioterapia da FEMA atende há mais de dois anos idosos com Síndrome da Fragilidade, sob a supervisão da professora Dra. Marianne Rezende. A fragilidade, caracterizada pelo aumento da vulnerabilidade a estressores externos devido a má-nutrição, sarcopenia e inflamação crônica, está associada a inúmeros efeitos adversos de saúde, incluindo diminuição da mobilidade e cognição, alta frequência de quedas, aumento dos números de hospitalizações e redução da qualidade de vida, além de morbidades e mortalidade.

A ação de educação em saúde realizada pela equipe da Clínica-escola de Fisioterapia da FEMA demonstra o compromisso da instituição em promover o bem-estar e a saúde da população idosa, fornecendo informações essenciais para o cuidado e a prevenção da fragilidade nesse grupo etário.

Curso de Fisioterapia é reconhecido pelo Crefito por contribuições na pandemi …

Além do reconhecimento do curso, as professoras Dra. Cássia Pacheco e Ma. Maria Eulália Baleotti ...

Leia mais

Estudantes da FEMA participam de Congresso de Cardiologia em São Paulo

O 44º Congresso da SOCESP destacou avanços na cardiologia e inclui apresentação de estudo sobre ...

Leia mais
Receba Informações

Sobre os nossos cursos