Notícias FEMA

Estudantes de Medicina da FEMA conquistam pódio em Olimpíada da USP em Bauru

Estudantes do oitavo período demonstraram habilidade e competência em lidar com casos clínicos simulados no V Congresso Médico Acadêmico de Bauru

 

Nos dias 13, 14 e 15 de abril de 2023, uma turma de estudantes do oitavo período do curso de Medicina da Fundação Educacional do Município de Assis (FEMA) esteve no V Congresso Médico Acadêmico de Bauru (COMAB) da Universidade de São Paulo (USP), na cidade de Bauru.

 

Durante o evento, os estudantes participaram de diversas atividades, como workshops e palestras, além de uma emocionante Olimpíada de Emergências Clínicas. Nesta competição, que simulava casos reais de emergência, quatro grupos em que os estudantes da FEMA fizeram parte, foram desafiados a lidar com diferentes situações clínicas. Ao final da competição, os estudantes Luís Otávio Da Silva, Miguel Brito Pires dos Santos e Luiz Eduardo da Silva Araujo, todos da Turma sete do oitavo período de Medicina da FEMA, conquistaram o pódio, em primeiro, segundo e terceiro lugares, respectivamente.

 

A banca avaliadora, formada por professores renomados na área de emergência, elogiou o desempenho dos estudantes da FEMA, destacando a capacidade e habilidade em lidar com os desafios apresentados.

 

Para Luís Otávio, o sentimento de conquistar e levar para casa o primeiro lugar, ainda mais em uma olimpíada na USP, é gratificante. “A princípio não acreditava que iria ganhar, mas percebi o quão preparado estamos. Eu e os meninos fomos líderes dos nossos grupos, e nos saímos super bem e me senti muito bem preparado pelo ensino que nós temos na FEMA. Todos os assuntos abordados nós sabíamos, e também a nossa disposição de ter se exposto e colocado todo nosso conhecimento em prática foi ato de muita coragem para todos, pois a princípio não sabíamos que iria ser desse jeito. O pessoal estudou para as olimpíadas, e nós simplesmente caímos lá com uma ideia de estarmos juntos e no final fomos separados. No final tudo deu certo, foi um ambiente de muito aprendizado e fico feliz por ter esse suporte da faculdade e levar pra casa a medalha dando orgulho pra minha faculdade”, externa Luís.

 

O estudante Miguel Brito comenta que participar da Olimpíada de Emergências Clínicas na USP foi uma das experiências mais desafiadoras e gratificantes que ele já viveu durante sua graduação. “A competição me permitiu testar meus conhecimentos e habilidades em situações de emergência, além de me ensinar a lidar com o estresse e a pressão do ambiente hospitalar. Agradeço imensamente aos meus professores, que sempre me incentivaram a participar de atividades extracurriculares como essa, e por me fornecerem uma formação sólida e completa. Desde o primeiro ano de faculdade, fomos expostos a cenários de simulação que nos prepararam para situações reais no futuro. Agradeço à faculdade por nos proporcionar essas oportunidades desde cedo, pois isso nos permitiu desenvolver habilidades práticas essenciais para a profissão, e tenho certeza de que essa preparação nos tornará profissionais mais capacitados e confiantes no enfrentamento de situações de emergência na prática médica”, declara.

 

Luiz Eduardo, que também fez parte do “pódio” da competição, conta que apesar da insegurança sentida no início, a experiência foi muito satisfatória. “Quando chegamos às Olimpíadas do Congresso da USP, fomos surpreendidos pelo fato de que se tratava de uma simulação de atendimentos variados, o que nos deixou inseguros. Essa insegurança foi ainda maior quando nos separamos em grupos diferentes, já que éramos cinco alunos da FEMA. Eu me senti muito inseguro até o início das simulações. Meu grupo foi o primeiro a simular uma parada cardiorrespiratória, assunto que estamos estudando nesta etapa. Eu tive que assumir a liderança e tudo correu bem, me sentindo muito bem preparado. No entanto, eu estava muito inseguro em relação à comparação com os alunos da USP e à avaliação dos professores que escrevem os livros que utilizamos para estudar. No final, descobrimos que não ficamos para trás em relação aos alunos da USP e até recebemos elogios dos mesmos professores. Foi uma experiência incrível e eu com certeza quero participar novamente no próximo ano e tentar trazer outra medalha”, comenta o estudante.

 

A FEMA parabeniza os estudantes pela excelente participação no COMAB USP, evidenciando o comprometimento da instituição com a formação de profissionais competentes e preparados para os desafios da área médica.

Estudantes de Medicina capacitam alunos de Enfermagem em Primeiros Socorros

Atividade faz parte de projeto de extensão da unidade de Urgência, promovendo integração e ...

Leia mais

Professora publica artigos em revista do CREMESP, um deles em parceria com aluno

Pesquisas científicas da professora Ma. Jordana Rabelo Bergonso destacam a importância do ...

Leia mais
Receba Informações

Sobre os nossos cursos