Notícias FEMA

Combate à Sífilis em Assis

Alunos elaboraram campanhas de prevenção à doença

Na última semana de abril, a Secretaria de Saúde de Assis e a faculdade de Medicina da Fema realizaram ações nas Estratégias de Saúde da Família, ESF, no combate à sífilis.

O trabalho de prevenção surgiu após constatação do aumento de casos de gestantes com a doença no município. A bactéria causadora é transmitida nas relações sexuais e também da mãe para o filho durante a gravidez.

Com esse cenário, os estudantes de Medicina da Fundação Educacional do Munícipio de Assis foram mobilizados e criaram diversas campanhas de prevenção da sífilis nas ESF onde atuam desde março.

Em Eldorado, uma peça de teatro foi apresentada. Na encenação, um médico conversa com marido e mulher gestante sobre a doença, suas causas e seus riscos. Ao final, os alunos acrescentaram mais detalhes ao público lembrando, inclusive, que a sífilis tem cura e que a melhor forma de preveni-la é o uso de preservativo.

Um dos primeiros sinais da doença é o aparecimento de pequenas feridas no pênis, vagina ou ânus. “Nessa fase primária da sífilis, a ferida muitas vezes desaparece, mas a doença continua ativa. Mesmo assim, é importante consultar um médico”, alerta a aluna Carolina Serapião Grejo, na unidade Eldorado. Quando não tratado, o quadro evolui e pode afetar o coração, o fígado e até o sistema nervoso central.

A sífilis pode ser detectada por meio de um exame simples. Uma amostra de sangue é coletada e analisada em poucos minutos. Na ESF Progresso, os alunos montaram uma estrutura na avenida Paschoal Santilli e, com a supervisão de um profissional da saúde, realizaram testes de sífilis e também de HIV nos pedestres e moradores de rua que passavam pela região.

As ações dos estudantes ocorreram nas 10 unidades que integram o projeto entre o Sistema de Saúde de Assis e a Fema. Além de Progresso e Eldorado, o trabalho aconteceu simultaneamente nas unidades de Bela Vista, Colinas, Vila Cláudia, Jardim Três Américas, Parque Universitário, Vitória, Cohab e Prudenciana.

ESF

A Estratégia Saúde da Família é uma evolução do Programa Saúde da Família, implantado pelo Ministério da Saúde em 1994.

Na cidade de Assis, o projeto teve início em 1995 onde as Unidades de Saúde da Família trabalham com território de abrangência definido e são responsáveis pelo cadastramento e acompanhamento da população.

A ESF é composta por um médico generalista, enfermeiros, auxiliares e agentes comunitários. Os profissionais trabalham não apenas no atendimento aos pacientes, mas também realizam atividades de prevenção e mapeamento das vulnerabilidades específicas de cada território.

Estudantes promovem o Brincar Terapêutico

Na manhã do dia 22 de outubro, estudantes do curso de Fisioterapia da Fundação Educacional do ...

Leia mais

Professor apresenta artigo na Espanha

No dia 23 de outubro de 2023, o Me. Fabio Eder Cardoso, professor dos cursos de Análise e ...

Leia mais
Receba Informações

Sobre os nossos cursos