Notícias FEMA

Clínica-escola de Fisioterapia retoma atividades no segundo semestre

Estudantes realizam estágio supervisionado proporcionando atendimento gratuito e especializado para moradores de Assis e região nos setores de reabilitação cardíaca, tecnologia assistiva, uroginecologia, obstetrícia e mastologia

 

O curso de Fisioterapia da Fundação Educacional do Município de Assis (FEMA) retomou suas atividades na clínica-escola, onde estudantes do 4º e 5º ano do curso realizam seus estágios supervisionados. Orientados por seus professores, os estudantes têm a oportunidade de aplicar seus conhecimentos teóricos em um ambiente clínico real, oferecendo serviços de alta qualidade para a comunidade local.

 

Segundo a professora Dra. Carolina Takahashi, a clínica está retomando, neste semestre, o atendimento do setor de Reabilitação Cardíaca, voltado ao atendimento de indivíduos com doenças cardiovasculares, como por exemplo insuficiência cardíaca, pós infarto e doenças nas válvulas do coração, assim como para indivíduos com presença de fatores de risco cardiovasculares, como hipertensão arterial e diabetes. Uma avaliação física-funcional é realizada antes das sessões de reabilitação, a fim de fornecer maior segurança e especificidade ao treinamento dos pacientes. Além do foco em exercício físico também é fornecido um componente educacional aos participantes.

 

A professora Dra. Cassia Regina Saade Pacheco conta que a Fisioterapia em Neurologia da FEMA, neste segundo semestre de 2023, traz na formação do estudante a Tecnologia Assistiva, uma disciplina que permite o despertar do estudante nas possibilidades de construir recursos que auxiliarão na funcionalidade. “As aulas ocorrem nas dependências da Clínica Escola de Fisioterapia da Fema, no laboratório de Tecnologia Assistiva, e em visitas domiciliares ao paciente.  Nas visitas aos pacientes, os estudantes realizam a avaliação e o diagnóstico do ambiente em que vive o paciente, das barreiras físicas e restrições ergonômicas e elaboram recursos que possam auxiliar o paciente ou cuidador, na promoção da saúde funcional, e no impedimento dos agravos, impostos pelas sequelas da doença neurológica e inatividade”, explica Dra. Cassia.

 

Já o setor de fisioterapia em uroginecologia, obstetrícia e mastologia, oferece atendimento para incontinência urinária, incontinência fecal, vaginismo, dispareunia e cânceres de mama, ginecológico e próstata. A professora Dra. Mariana Romanholi Palma esclarece: “Atuamos no pré e pós-operatório, com foco desde a prevenção de complicações até a reabilitação. No segundo semestre do ano letivo temos o ambulatório de mastologia funcionando também no período da tarde, com atendimentos nas complicações do câncer de mama (linfedema, cicatrizes, alterações de força, entre outras) e também no apoio à amamentação (com orientações posturais e ergonômicas e tratamento de fissuras mamilares). Oferecemos também grupos de atendimento às gestantes”, declara.

 

O principal objetivo do estágio supervisionado é unir o ensino ao serviço, permitindo que os estudantes vivenciem cenários reais da prática em saúde, desenvolvam habilidades estratégicas e solucionem problemas de maneira eficaz. Já a clínica-escola de Fisioterapia da FEMA tem como objetivo fornecer suporte para o aprendizado teórico e prático, capacitando os estudantes a adquirir o conhecimento e as habilidades necessárias para avaliar, prescrever e acompanhar diversas disfunções.

 

Desde o segundo semestre de 2021, a clínica-escola de Fisioterapia da FEMA oferece serviços gratuitos e totalmente personalizados, disponíveis para sessões individuais ou em grupo, e já ofereceu mais de 4 mil tratamentos para os moradores de Assis e região.

 

Os pacientes que buscam tratamento individual devem passar pela Central de Regulação de Ofertas de Serviço de Saúde (CROSS), o que significa que todos os pacientes atendidos na clínica são beneficiários do Sistema Único de Saúde (SUS), o sistema público de saúde do Brasil. Por outro lado, as sessões em grupo estão abertas a qualquer pessoa interessada, incluindo funcionários da FEMA. Essas sessões em grupo atendem pacientes com diversas condições, como doenças cardiovasculares, cuidados pré e pós-operatórios para câncer de mama, oncologia, gestantes, Doença Pulmonar Obstrutiva Crônica (DPOC) e Doença de Parkinson.

Estudantes da FEMA participam de Congresso de Cardiologia em São Paulo

O 44º Congresso da SOCESP destacou avanços na cardiologia e inclui apresentação de estudo sobre ...

Leia mais

Estudantes de Fisioterapia da FEMA encerram Semana de Enfermagem do HRA

Alunos ofereceram um mix de Mobilização Neural com VPPB e Dry Needing aos participantes do evento ...

Leia mais
Receba Informações

Sobre os nossos cursos