• FEMAvestibular
  • estudo-hot-site-bolsas
  • fema-guia-do-estudante-estadao-3b

 vestibular fema 2020

Inscrições Abertas

11 Cursos de Graduação

Prova dia 14/11 às 20h

INSCRICAO 

Alunos da Fema já podem renegociar suas dívidas

Programa de recuperação de crédito vai até 4 de abril

Escrito por Silvio Moura

Assessoria de Comunicação Fema

 

Desde o começo do ano, a Fundação Educacional do Município de Assis – Fema deu início ao programa de renegociação de dívidas para alunos e ex-alunos em situação de inadimplência.

Com a aprovação da Lei de Recuperação de Crédito pela Câmara Municipal, os estudantes já podem procurar a fundação para renegociar o saldo devedor. A negociação dará descontos de 100% de juros e multas nos pagamentos à vista. Quem optar pelo parcelamento, que pode ser de até 48 vezes, terá abatimento proporcional de juros e multas.

“Com essa anistia, o valor da dívida ficará bastante reduzido”, afirma a dra Aline Paiva, Procuradora Jurídica da Fema. “O inadimplente deixará de ter o nome negativado junto ao SPC e ao Serasa e ações judiciais serão suspensas”.

A Fema busca constantemente diversas formas para que os alunos consigam quitar seus pagamentos. Para a aprovação da Lei de Recuperação de Crédito, o diretor Eduardo Vella e o professor doutor Ulysses Guariba, presidente do Conselho Curador, atuaram intensamente junto à Prefeitura. “O prefeito Ricardo Pinheiro entendeu a importância de oferecermos alternativas para os devedores”, afirma Vella. O projeto foi encaminhado e a Câmara aprovou a lei no final de 2015.

O programa de recuperação de crédito da Fema é uma ação inédita e única e ocorrerá somente até o dia 4 de abril. O prazo não será prorrogado.

A fundação vai entrar em contato com os estudantes, mas também pede para quem estiver em situação irregular que compareça ao campus, na Vila Nova Santana, de segunda a sexta-feira das 8h às 12h e das 13h às 17h. Dúvidas podem ser esclarecidas nos telefones (18) 3302-1055 e 3302-1054, ou ainda através do e-mail Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo..

 

MAIS NOTÍCIAS DA FEMA

 

Back to top