• FEMAvestibular
  • estudo-hot-site-bolsas
  • fema-guia-do-estudante-estadao-3b

 vestibular fema 2020

Inscrições Abertas

11 Cursos de Graduação

Prova dia 14/11 às 20h

INSCRICAO 

setembro palestra1Medicina fala sobre Prevenção ao Suicídio

Encontro integra a campanha Setembro Amarelo

Escrito por Silvio Moura

Assessoria de Comunicação Fema

 

A Medicina da Fema promoveu na noite de quinta-feira, 22, a palestra “Prevenção ao Suicídio”. O evento aconteceu na Câmara Municipal de Assis e faz parte da campanha mundial intitulada Setembro Amarelo.

A iniciativa surgiu dos estudantes da graduação. O objetivo é aumentar a consciência em relação ao suicídio, a segunda causa de morte da população entre 15 e 50 anos.

“É importante que as pessoas saibam como prevenir, como estar próximo de alguém que pensa em se matar”, diz o doutor Ricardo Beauchamp de Castro, professor do curso de Medicina que supervisionou os alunos.

Os palestrantes foram os também psiquiatras Wilson Conti de Las Vilas Rodrigues e Luiz Guilherme Buchianeri. Após uma abordagem inicial, a plateia pode interagir trazendo seus comentários e tirando suas dúvidas.

setembro palestraFalar de suicídio ainda é um tabu na sociedade, destaca Beauchamp. “Sair do silêncio ao discutir esse tema é ampliar o conhecimento das pessoas. É uma divulgação cuidadosa e correta para transformar o suicídio em uma discussão cotidiana”.

O encontro faz parte do Setembro Amarelo, campanha de conscientização que vem se intensificando a cada ano com o objetivo direto de alertar a população a respeito do suicídio e suas formas de prevenção. A ação conta ainda com um site próprio, o www.setembroamarelo.org.br.

No Brasil, as primeiras atividades relacionadas ao Setembro Amarelo começaram em 2014, em uma parceria entre CVV, Centro de Valorização da Vida, CFM, Conselho Federal de Medicina, e ABP, Associação Brasileira de Psiquiatria. Locais públicos e particulares, em adesão à iniciativa, são identificados com a cor amarela, como o Cristo Redentor e o Congresso Nacional.

O doutor Ricardo Beauchamp destaca o envolvimento dos estudantes na palestra. “O evento foi escolhido pelos alunos. Isso me alegra muito porque eles não têm medo de debater o suicídio. Ampliar o conhecimento e a educação das pessoas melhora muito a saúde. A Educação é a base da Saúde”.

 

MAIS NOTÍCIAS DA FEMA

 

Back to top