• FEMAvestibular
  • estudo-hot-site-bolsas
  • fema-guia-do-estudante-estadao-3b

 vestibular fema 2020

Inscrições Abertas

11 Cursos de Graduação

Prova dia 14/11 às 20h

INSCRICAO 

oficinaupa2Professora Dedé propôs Projeto de Lei

 

Professora Dedé, vice-diretora da FEMA e vereadora da cidade de Assis, propôs Projeto de Lei para conscientização da população sobre a cegueira a fim de prevenir e combatê-la. Projeto se transformou em lei dia 11 de junho de 2018 e já está em vigor

 

 Por Glauciana Nunes e Isabella Chiampi

Assessoria de Comunicação FEMA

 

Elizete Mello da Silva, vice-diretora da Fundação Educacional do Município de Assis (FEMA) e vereadora da cidade, a Professora Dedé, configura Projeto de Lei que pretende conscientizar a população sobre a Cegueira. O mês de abril será instituído como o “Abril Marrom”, para durante esse período ações significativas acontecerem com o objetivo de prevenir e combater diversos tipos de cegueira. O projeto já foi aprovado e transformado em Lei no dia 11/06/2018 por unanimidade e entrou em vigor a partir de sua aprovação.

 

A cegueira indica ausência total ou parcial da visão e pode ter diversas origens, desde acidentes, doenças ou até medicamentos que afetam a visão. O último censo feito pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) em 2010 indica que 6,5 milhões de brasileiros têm algum tipo de deficiência visual, sendo 528 mil cegos de nascença ou de forma adquirida. Dados de pesquisas da Organização Mundial da Saúde (OMS) alertam que em todo o mundo 80% dos casos de cegueira ou deficiência visual poderiam ser evitados com ações preventivas e tratamentos incrementados.

 

Assim, fica evidente que a conscientização precisa ganhar foco e por isso a importância em dedicar um mês inteiro. A população precisa ter conhecimento sobre as causas para minimizar os efeitos graves ocasionados pela falta de visão. Assis é centro de referência em oftalmologia, o que seria um cenário favorável para prevenção de doenças que levam à cegueira”, explica a professora.

 

Parcerias com faculdades, como com o curso de Medicina da FEMA, fazem parte da idealização do projeto, além também de contar com a participação de associações, clubes de serviços, Organizações Não Governamentais (ONG’s) e afins.

 

Durante o mês prédios do poder Executivo e Legislativo assim como monumentos da cidade serão iluminados com a cor marrom. Palestras e seminários informativos e também distribuição de folhetos serão realizados. “A participação da sociedade, de entidades médicas e centros hospitalares no combate à cegueira é essencial”, finalizou Dedé.

 

facebook logo

SIGA FEMA ASSIS

 

MAIS NOTÍCIAS DA FEMA

Back to top