FISIOTERAPIA

Main Menu

Conheça a Fema

Curso de Fisioterapia

Curso usa plataformas de aproximação


Curso de Fisioterapia mantém cronograma estabelecido e aposta na proximidade entre alunos e professores através das plataformas digitais

 

 

 

O curso de Fisioterapia da Fundação Educacional do Município de Assis (FEMA) também tem se adequado às atividades acompanhadas, estabelecidas pela Congregação do Instituto Municipal de Educação Superior de Assis (IMESA) junto à direção da FEMA desde o dia 17 de março de 2020. Com a suspensão das aulas presenciais decretadas pelo Ministério da Educação e Cultura (MEC) e pelo Conselho Estadual de Educação (CEE), a FEMA optou pelas atividades acompanhadas para que o calendário acadêmico não fosse prejudicado durante o período de enfrentamento da pandemia do novo coronavírus.

 

Segundo Maria Eulália Baleotti, coordenadora do curso de Fisioterapia, as atividades acompanhadas vêm sendo realizadas por todas as vias tecnológicas que foram disponibilizadas pela instituição e reforça que os professores continuam disponíveis para dúvidas ou questões dos alunos nos horários habituais das aulas presenciais. “As aulas têm sido dadas pelo Skype ou pelo Discord, que são plataformas de videoconferências que permitem nos conectar com um bom número de alunos ao mesmo tempo. As tarefas estão sendo disponibilizadas aos alunos através da plataforma Moodle e muitos professores se disponibilizaram para responder às dúvidas dos alunos através de grupos criados no Whatsapp”, diz a coordenadora.

 

A nova rotina dos alunos e professores tem sido diferente do que estavam acostumados, mas a coordenação de Fisioterapia aponta pontos positivos em toda essa readequação “Sentimos que a vontade de estarmos todos pertos um dos outros aumentou ainda mais os vínculos entre alunos e professores e acreditamos que depois dessa experiência nunca mais seremos os mesmos”, diz Maria Eulália Baleotti. O curso de Fisioterapia manteve o cronograma que já estava programado para o ano de 2020 e estão sendo feitas atividades como trabalhos dirigidos e avaliações, todas acompanhadas pelos professores de maneira sincrônica.

 

A professora Vanessa Patrícia Fagundes, que ministra a disciplina de Saúde Pública, ainda reforça que os alunos e professores têm usado esse tempo para refletir sobre a profissão e toda a área da saúde, a qual farão parte depois de formados “Nós discutimos toda a história da Saúde Pública e da Rede de Assistência à Saúde no Brasil e no mundo, e tudo o que foi e está sendo feito por causa dessa situação imposta pelo novo Coronavírus, com a doença Covid-19. Viajamos no tempo, desde a formação do Sistema Único de Saúde, o SUS, até tudo o que temos agora. Alunos e professores ficaram mais de 50 minutos de aula, em reflexão, sobre o passado e o que podemos esperar do futuro, e foi tudo muito proveitoso. Nossos alunos estão empenhados e compreendendo toda a situação em que estamos imersos, estão buscando cada dia mais entender o ser humano para além do biológico. Acreditamos, enquanto professores, que todos os nossos esforços valerão a pena”, finaliza a professora Vanessa.

 

As aulas presenciais, que foram suspensas no dia 17 de março de 2020 e inicialmente foram fixadas em 30 dias, ainda podem ser prorrogadas por tempo indeterminado, assim como as atividades acompanhadas. A FEMA suspendeu as aulas presenciais em respeito as medidas de prevenção estabelecidas pela Organização Mundial da Saúde (OMS) e pelas autoridades de saúde públicas do país, bem como pelas portarias normatizadas pelo MEC e pelo Conselho Estadual de Educação.

 

  

 

facebook logo

SIGA FEMA ASSIS 

 

MAIS NOTÍCIAS DA FEMA

 

Back to top